Apresentação do Encontro Veja a programação do Encontro Conheça os artistas Confira as Rodas de Prosa Feira de Oportunidades Sustentáveis Oficinas ministradas durante o Encontro Mostra de Cinema Petrobras Diário de São Jorge Material para imprensa Ficha Técnica do Encontro Entre em contato
 

02/08/2008 17:27
Encontro
Zambiapunga e Turma que Faz celebram o fim do VIII Encontro de Culturas Tradicionais

por Agência de Notícias, da Agência de Notícias Cavaleiro de Jorge

Os primeiros raios de sol do ultimo sábado (02) vieram acompanhados de um som que ecoou por toda vila. Uma música que não tinham possibilidades de não prestar a atenção. O cortejo do Zambiapunga saiu do cemitério as 5h30 da manhã, acordou o vilarejo ao som de cuíca rústica, enxada e buzios. O grupo deu uma mostra do que acontece em Nilo Peçanha (BA), quando o grupo sai na madrugada do dia 1 de novembro do cemitério da cidade, acorda a cidade convidando para participar da brincadeira.


Cerca de 100 pessoas acordaram ou esperaram desde a madrugada, o grupo baiano passar. Fantasiados, as cores descobriam a manhã nas ruas de São Jorge, e mesmo quem não quis acompanhar o cortejo, saiu na porta de casa para dar uma olhada. Aqueles que não conseguiram acompanhar, puderam ver o cortejo novamente no da tarde. Zambiapunga e o Congo de Niquelândia davam início a festa de encerramento do VIII Encontro de Culturas Tradicionais dos Veadeiros.


Os dois cortejos terminaram na quadra em frente ao palco, chamando o público para o encerrar a noite com a Opereta Popular O que é o que é? Faca sem ponta, galinha sem pé! A Turma que Faz e Doroty Marques colocaram a população de São Jorge prestigiando as suas crianças. A opereta deste ano é uma critica a perda das brincadeiras de rua, a falta de incentivar o lado lúdico infantil e colocar as crianças brincando em programas de computador que não criam imaginação, já dão a imagem formada. Entraram em cena o boi tatá, curupira, o véio, as brincadeiras de roda, cantigas entre outros. Um coral de mães dos alunos da Turma, Dércio Marques e músicos locais também participaram da opereta.


O público se sentiu em casa na ultima noite. Segundo Laerte Sampaio, de Formosa (GO), a sensação daquela noite era de uma grande brincadeira. "Nós precisamos disso! Precisamos de um contato com as nossas brincadeiras, que infelizmente nos dias de hoje, não são de nossos filhos!" No final da noite, o público pode brincar na grande roda da Turma que Fazformada em frente ao palco, encerrando o encontro que começou no dia 19 e terminou com as crianças do vilarejo mostrando o fruto do trabalho feito em São Jorge.

enviar por e-mail | imprimir
topo da página | mais notícias

26/05/2009 - IX Encontro de Culturas
Vem aí o IX Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros

02/08/2008 - Arcoverde na Chapada
"É só tocar um pouco de Fogo que a explosão ocorre”

01/08/2008 - Entrevista
“Incelente Maravilha”

01/08/2008 - Show
Música caipira faz as honras da casa

01/08/2008 - Mamulengos
Teatro a céu aberto



A experiência da boa música nordestina


Programe agora sua viagem para São Jorge. Encontre as pousadas, campings e restaurantes da Vila.