17/06/2008 18:29
Festa de Santo Antônio
Festa de Santo Antônio faz muito kalungueiro dançar na madrugada

por Maíra Lima, da Agência de Notícias Cavaleiro de Jorge

Maíra Lima

Poeira alta, pés sujos de areia, cerveja e muito forró a noite inteira. A reza de Santo Antônio, no Vão das Almas, começou atrasada. No início da caminhada, descobrimos que uma criança estava com o dedo quebrado. Pai, tio e amigos saíram da casa onde ocorreu a festa, para levar o menino até as margens do rio Paranã, de onde um carro o levaria até o hospital de Cavalcante. Apenas em dois pontos no Vão das Almas os telefones funcionam. E isso graças aos moradores, que instalaram antenas para que, em caso de emergência, possa haver alguma forma de comunicação com a cidade.

"O povo do Vão das Almas não tem como ir pra Cavalcante quando alguém adoece, mas pelo menos isso funciona", diz Domingos, morador das margens do rio Capivara, a duas horas de caminhada das margens do Paranã. Do momento em que é feita a ligação, a prefeitura manda imediatamente um carro para o Vão. Mas tudo é motivo de festa: os cavalos, que levaram o menino até a margem do rio, já voltaram para a reza.

A bandeira começa a ser costurada ainda durante a reza, e, ao final, a marcha começou ao redor da fogueira, com todos o kalungueiros cantavando com velas nas mãos. Com o mastro no alto, as mulheres batiam a buraca no meio da escuridão e a sussa começou a levantar poeira. No transe da buraca (maneira como os kalungas chamam a bruaca), todos entravam na dança da sussa, se contaminando com a batida e a energia vinda dali.

Ao final da sussa, o forró começou a ecoar no meio do mato, alimentado por um gerador de energia. Cerveja, pinga e refrigerante abasteciam a moçada. Quem acha que festa de kalunga é diferente, se engana. Dança, namoro e prosea vão até o dia amanhecer. O menino do dedo quebrado já passa bem, e deve estar pronto pra mais uma folia.

Confira aqui as fotos da Festa de Santo Antônio no Vão das Almas

enviar por e-mail | imprimir
topo da página | mais notícias

26/05/2009 - IX Encontro de Culturas
Vem aí o IX Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros

02/08/2008 - Encontro
Zambiapunga e Turma que Faz celebram o fim do VIII Encontro de Culturas Tradicionais

02/08/2008 - Arcoverde na Chapada
"É só tocar um pouco de Fogo que a explosão ocorre”

01/08/2008 - Entrevista
“Incelente Maravilha”

01/08/2008 - Show
Música caipira faz as honras da casa


Conheça o espaço que o Encontro de Culturas preparou dedicado às artes e ofícios da cultura popular.


Programe agora sua viagem para São Jorge. Encontre as pousadas, campings e restaurantes da Vila.


Crônica
Luz Quartiada

 

Início | O Encontro | Programação | Imprensa | Palavra do patrocinador | Notícias | Ficha Técnica | Patrocinadores | Contato

2008. Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros. Um projeto da Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge.
Fotos e matérias podem ser distribuídas desde que citados os créditos da Agência de Notícias Cavaleiro de Jorge e do fotógrafo.

Desenvolvido por Carlos Filho - websites Goiânia - www.carlosfilho.com