13/07/2008 18:54
Aldeia
Primeiros habitantes da II Aldeia Indígena Multi-étnica estão na Chapada

por Janaina Gomes, da Agência de Notícias Cavaleiro de Jorge

Rodrigo Lima

Índios das etnias Krahô e Mebengokré (Kayapó) já estão acomodados na II Aldeia Multi-Étnica. Eles estão trabalhando na construção e organização do espaço Aldeia da Lua, onde será montada a estrutura para receber as etnias, pesquisadores, artistas e o público na primeira semana do VIII Encontro de Culturas Tradicionais. A proposta da Aldeia este ano é discutir os territórios indígenas a partir das perspectivas contemporâneas de territorialidade, sustentabilidade e autonomia.

Durante os dias 19 e 25 de julho estão programadas rodas de prosa, pintura corporal, mostra de filmes, oficinas e feira de artesanato. Segundo Sandoval Amparo, as atividades estão articuladas em 3 linhas principais de discussão: 'Território e Autonomia', 'Índios Urbanos' e 'Estéticas Indígenas e Culturas Populares'. "A Aldeia procura perceber e dar visibilidade à influencia da cultura indígena na cultura popular, fazendo a interlocução com o Encontro de Culturas Tradicionais", explica.

A Aldeia Multiétnica deste ano abre o Encontro de Culturas, ao contrário de 2007 quando as atividades aconteciam simultaneamente com as da Vila de São Jorge. O coordenador de produção Paulo Bittencourt, explica que isto é possível devido ao fato de ser uma proposta específica. "É um espaço para troca de experiências entre as comunidades e entre o público que estará presente. Esperamos cerca de 120 índios das diversas etnias este ano", afirma.

Etnias

A previsão é que nos próximos dias cheguem mais 8 etnias: Fulni-ô (PE), Dessana (AM), Kamayurá (MT), Ingarikó (RR), Guarani Mbyá (SP), Wapixana (RR), Kaingáng (RS) e Kaxinawá (AC).  O Mebengokré Isaac, líder de uma das 8 aldeias  Kayapó localizadas em São Félix do Xingu (PA), chegou em São Jorge com outros 5 indígenas, conta que estão a caminho outros 20. Trazem na bagagem um pouco da sua cultura expressa na dança, música, alimentação Beraburu (carne ou bolo de carne com mandioca assado em forno de pedra) e o que mais os olhos sensíveis puderem perceber.  Isaac foi o primeiro a vir e por isso o primeiro em receber a tradicional pintura Kayapó, marcada pelos traços simétricos.  

O Krahô Osmar Kukon está na Aldeia acompanhado da esposa, 3 filhas e 1 neta. Kukon será o prefeito da Aldeia, responsáveis em conduzir os trabalhos e pela interlocução entre produção do evento e as comunidades indígenas.  "Tenho experiência em organizar eventos, além de ser 'cantador', organizo a Feira das Sementes (atividade Krahô realizada periodicamente, onde várias aldeias se encontram para trocar sementes e celebrar a próxima colheira)", conta. Paulo Bittencourt ressalta que os Krahôs são muito importantes porque participam desde o primeiro Encontro de Culturas Tradicionais.

enviar por e-mail | imprimir
topo da página | mais notícias

26/05/2009 - IX Encontro de Culturas
Vem aí o IX Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros

02/08/2008 - Encontro
Zambiapunga e Turma que Faz celebram o fim do VIII Encontro de Culturas Tradicionais

02/08/2008 - Arcoverde na Chapada
"É só tocar um pouco de Fogo que a explosão ocorre”

01/08/2008 - Entrevista
“Incelente Maravilha”

01/08/2008 - Show
Música caipira faz as honras da casa


Conheça o espaço que o Encontro de Culturas preparou dedicado às artes e ofícios da cultura popular.


Programe agora sua viagem para São Jorge. Encontre as pousadas, campings e restaurantes da Vila.


Crônica
Folia e Catira de Crixás – Tradição preservada

 

Início | O Encontro | Programação | Imprensa | Palavra do patrocinador | Notícias | Ficha Técnica | Patrocinadores | Contato

2008. Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros. Um projeto da Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge.
Fotos e matérias podem ser distribuídas desde que citados os créditos da Agência de Notícias Cavaleiro de Jorge e do fotógrafo.

Desenvolvido por Carlos Filho - websites Goiânia - www.carlosfilho.com