17 de julho a 01 de agosto de 2015

vila de são jorge . alto paraíso de goiás

Encontro de Culturas

Sob uma imensa quantidade de cores, sons, raças, etnias, sotaques, línguas, expressões artísticas e modos diferentes de compreender a arte, o mundo e a cultura, mais uma vez a Vila de São Jorge recebe o Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros. Este ano, celebrando 15 anos de existência, os desafio são maiores do que se esperava. Uma realidade de instabilidade econômica e de percas sociais para os povos tradicionais, que se juntam sob o chão da Chapada nesses dias, nos faz repensar as estratégias de manutenção do Encontro. 

Foi de forma colaborativa e cheia de preocupações relacionadas à vida das comunidades, anfitriões dessa grande festa, que o evento foi se transformando em uma rica conferência de saberes. Foi à partir deste evento que comunidades tradicionais nunca antes ouvidas por autoridades governamentais, puderam ouvir que havia um modo de garantir sua sobrevivência e que esse modo era a união dos diferentes irmãos. Senhoras e senhores que aqui passaram puderam falar nas inúmeras rodas de prosa realizadas e compreenderam nas apresentações culturais que nesse Brasil do diverso, não há nada mais rico do que a diferença e as peculiaridades de cada grupo.

Com 15 anos, foram alcançadas diretamente mais de 100 mil pessoas em momentos de efervescência da valorização da cultura tradicional e popular. Este ano, o encontro tem o desafio de garantir suas sobrevivência em meio a uma crise financeira que afeta desde os mais abastados até aqueles que em muitos momentos são invisibilizados socialmente. O importante é que nos colocamos de pé para mais uma vez celebrar e aprender sobre a sociobiodiversidade. Um termo novo, que trata das inúmeras formas de lidar com a diversidade de espécies, intrínsecas a cada Bioma, e associá-las à diversidade sociocultural representada pelos povos indígenas e por inúmeras comunidades tradicionais, fios condutores das diferentes formas de manejo e cultivo dessas riquezas naturais.

Para Juliano Basso, o idealizador do Encontro de Culturas, a parceria com órgãos do governo federal, por meio dos ministérios, foi extremamente importante. Juliano acredita que o evento colaborou e colabora para a formatação de novas políticas públicas voltadas às comunidades tradicionais. “No entanto, esta é uma época difícil, em que povos tradicionais vêm perdendo espaço e tendo seus direitos violados. Sendo assim, precisamos nos aprofundar mais nessa discussão e essa é a proposta desta edição comemorativa de 15 anos do Encontro de Culturas Tradicionais.”

Garantir direitos fundamentais e a sobrevivência desses grupos sociais é a ordem dos próximos anos. Nesse sentido, elegemos a sociobiodiversidade como o caminho para uma sociedade fraterna, justa e responsável.

Prepare sua mala. O Encontro vai começar!

O XV Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros, acontece este ano entre os dias 17 de julho e 02 de agosto na Vila São Jorge.

 

A Vila de São Jorge




Encontro de Culturas Tradicionais da Chapada dos Veadeiros é um projeto da Casa de Cultura Cavaleiro de Jorge.
A reprodução do conteúdo é permitida desde que citada a fonte e os créditos dos fotógrafos.